O Japão pelos séculos: conheça e entenda alguns símbolos da cultura e da arte do país dos Jogos Olímpicos

0
2

Do Ukiyo-e ao mangá: conheça alguns dos ícones culturais do Japão. O Japão pelos séculos: conheça alguns dos ícones culturais
O Japão é um país que passa a imagem de um lugar com tradições marcantes que ainda estão presentes no cotidiano, mas onde também há uma cultura moderna e tecnologia de ponta.
Os elementos culturais japoneses que serão incorporados à abertura das Olimpíadas de Tóquio nesta sexta-feira (23) ainda são segredo, mas é possível destacar algumas tradições mais conhecidas do país, das quais algumas podem permear a festa olímpica.
LEIA TAMBÉM:
Tudo sobre os Jogos Olímpicos de Tóquio no ge
Consultor diz que Cerimônia de Abertura será ‘sóbria’
Relembre apresentações de famosos em aberturas olímpicas
Como crises e tensões políticas afetaram a história das Olimpíadas?
A polêmica história da bandeira do Japão
Carlos Roza, vice-presidente da Japan House em São Paulo, destaca que algumas dessas tradições são imateriais. “Omotenashi”, por exemplo, é uma palavra em japonês que, grosso modo, representa a cultura de receber bem as visitas para que elas se sintam acolhidas e voltem.
Veja abaixo alguns elementos culturais importantes do Japão:
Imagem do Monte Fuji exibida no Globo Repórter em 2018
Globo Repórter
Família Imperial
O Imperador Naruhito já confirmou sua presença na abertura dos Jogos. Assim como no Reino Unido, no Japão há uma monarquia parlamentarista. Mas há diferenças importantes, diz Victor Hugo Kebbe, doutor em antropologia pela UFSCar que mantém o site Japonologia.
Imperador Naruhito em cerimônia para proclamar sua entronização no Palácio Imperial em Tóquio, em 2019
Issei Kato / Pool / via AP Photo
Deusa Sol: “Nos países Ocidentais, houve uma relativa alternância de dinastias. No Japão nunca teve, sempre foi uma mesma família imperial, que é considerada descendente direta da Deusa Sol, o símbolo do Japão”, afirma Kebbe.
O xintoísmo é a religião tradicional do Japão. A origem divina da família imperial é um dos pilares do xintoísmo, diz Kebbe.
O Monte Fuji também é uma entidade importante no xintoísmo. Na religião, venera-se elementos naturais —um rio pode ser uma divindade, ou uma montanha.
Período Edo
Quioto era a capital do Japão até o século XV. O começo do século seguinte é muito importante para a história do país, conhecido como Período Edo.
Antes do Período Edo, o país atravessou uma série de guerras civis, diz Kebbe. Os líderes militares, os shoguns, tinham seus exércitos formados por soldados profissionais, os samurais.
Um desses shoguns, Tokugawa, venceu a guerra civil e pacificou o Japão. Ele decidiu tirar a capital de Quioto e mudar para uma outra região.
Edo virou a nova capital do Japão no começo do século XVI. Hoje, a cidade se chama Tóquio. “A ideia de mudar a capital foi parecida com a mudança para Brasília, tirar a capital de um centro consolidado e ir para longe”, diz Kebbe.
Cultura do Período Edo
O período Edo dura mais de dois séculos e meio, e foi um período de isolamento do país em relação ao resto do mundo —só uma outra nação, a Holanda, interagia com os japoneses.
Foi também um momento em que expressões culturais importantes até hoje se consolidaram, afirma Kebbe. “A arte japonesa explodiu, a vida passou a ser mais urbana, citadina, a rua ganhou mais importância”, diz ele.
Conheça alguns exemplos de inovações culturais durante o Período Edo:
Ukiyo-e: é um tipo de xilogravura feita em madeira muito colorida e rebuscada.
Reprodução da obra A Grande Onda de Kanagawa, de Katsushika Hokusai
Reprodução
Kabuki: um tipo de teatro popular em que a atuação é marcadamente gestual e do qual só participam homens.
A mudança dos samurais e a cerimônia do chá: em época de paz, os samurais não precisavam mais lutar; eles passam a ter um papel mais intelectualizado e começam a fazer cerimônias como a do chá, que já existia no país.
Gueixas: ao pé da letra, a palavra significa filha da arte. São mulheres treinadas em artes clássicas japonesas, como a cerimônia do chá, a música tocada em instrumentos de três cordas e o entretenimento de pessoas.
Japão Contemporâneo
O trem-bala japonês, o shinkansen, em imagem de 2016
Kyodo/Reuters
Trem-bala: Roza, da Japan House, afirma que os japoneses também têm orgulho da tecnologia do país, e cita o trem-bala como exemplo. Durante anos, o país protegia a tecnologia dos trens rápidos, mas há cerca de dez anos o país começou a rever essa política porque se interessou em construir linhas em outros países.
Dorama: é uma novela japonesa. Hoje, o gênero está mais associado à Coreia do Sul, segundo Kebbe.
J-pop: música popular japonesa. Assim como as novelas, é uma expressão que, hoje, é mais associada à Coreia do Sul (os ídolos do k-pop também são conhecidos nos países do Ocidente). Um dos maiores grupos de j-pop é o ABK48, um grupo de 48 cantoras.
Mangás, games e animês
Osamo Tezuka: a partir dos anos 1960, o Japão começou a se especializar em quadrinhos característicos, os mangás. Esse tipo de desenho começou a se fortalecer com um criador, Osamo Tezuka.
Imagem de um mural que promove os Jogos em Tóquio, em 5 de julho de 2021
Koji Sasahara/AP
Mangás: o estilo dos mangás lembra muito um storyboard de cinema, diz Edi Carlos, gerente de Marketing e Comunicação da Editora JBC, uma editora especializada em mangás. Há menos balões de diálogos e mais “movimento”: linhas que denotam ação e velocidade. Por isso, o passo entre o desenho de papel e a animação para as telas não foi muito grande.
Animês e videogames: hoje, geralmente personagens de mangá também têm suas versões em animações (ou animê, de forma abreviada) e em videogames. Há casos de personagens que nascem em um game e acabam “migrando” para mangás e animês também.
Hello Kitty
Business Wire
Alguns personagens muito famosos também no Ocidente devem ser representados, afirma Edi. Ele cita os Irmãos Mário, Hello Kitty e os personagens de Dragon Ball entre esses.
Personagens esportivos: “O Oliver Tsubada, do desenho Super Campeões, é um jogador de futebol que disputa jogos por times do Ocidente —tem até uma passagem dele pelo São Paulo Futebol Clube”, diz Carlos.
Haikyuu!! (com dois pontos de exclamação) é do universo dos esportes, é um mangá sobre vôlei.

Fonte: G1 Mundo