PM preso por ameaça em bar é ex-deputado estadual e começou confusão após reclamar de cerveja quente

0
9

Informações estão no boletim de ocorrência que tratou da prisão do Sargento Aragão. Ele foi levado para Unidade Militar da Capital após ser preso em flagrante. Vídeo mostra PM ameaçando sacar arma em bar
O policial militar preso após se envolver em uma confusão em um bar e espetaria em Palmas é o tentente Manoel Aragão da Silva, conhecido como Sargento Aragão. A discussão que terminou com a prisão teria começado porque ele reclamou que havia recebido uma cerveja quente. Aragão é ex-deputado estadual.
O advogado Cícero Tenório afirmou, por telefone, que está aguardando a audiência de custódia do cliente. “Caso ele não saia está previsto para ir para o Comando Geral e daí para frente os trâmites que o caso requer. Na verdade, ele primeiro foi agredido injustamente por uma senhora e daí nasceu todo o entrevo”, informou.
A confusão aconteceu em um estabelecimento comercial na quadra 1.006 Sul (Arse 102), na noite desta segunda-feira (27). O caso foi registrado por pessoas que estavam próximo ao local e postado nas redes sociais.
As imagens mostram o momento em que o PM discute, xinga a proprietária do estabelecimento e faz o movimento de puxar uma arma da cintura. O vídeo também mostra a mulher apontando um cabo de vassoura para o policial durante a discussão.
Momento em que PM faz movimento para puxar arma
Reprodução/Redes Sociais
LEIA MAIS
Policial militar é preso após se envolver em confusão e ameaçar dona de comércio, diz PM
O boletim de ocorrência foi feito pelos policiais que prenderam Sargento Aragão. Eles relataram que foram chamados para uma briga de bar que envolvia um policial militar armado. Quando chegaram ao local, foram informados de que a briga iniciou em razão de uma reclamação de cerveja quente, onde Aragão começou a insultar o garçom.
Ainda segundo o relatório, houve troca de insultos com a proprietária do local. Durante a confusão ele fez menção de sacar uma arma e a mulher correu assustada para a cozinha do estabelecimento.
Depois dessa discussão, o sargento pagou a conta e foi embora, mas foi encontrado pelos militares em uma casa de carnes. Ao ser abordado, conforme o boletim de ocorrência, ele passou a resistir e desacatar os PMs, sendo necessário ser algemado e levado para a delegacia.
Ele foi autuado em flagrante por ameaça à proprietária comércio e desacato aos outros policiais militares que atenderam a ocorrência. O comando da PM afirmou que o sargento está preso em uma Unidade Militar da Capital e abriu um procedimento disciplinar para apurar as circunstâncias e condutas dele.
Tenente Aragão é ex-deputado estadual
Arquivo pessoal
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins